As características das empresas que mais crescem no Brasil

Empreender no Brasil é um desafio bem conhecido, mas é possível. Mais do que sobreviver ao mercado, a meta do NorwayBank é apoiar o crescimento sustentável da empresa  – veja nosso artigo sobre empreendedorismo. Agora, qual o segredo para crescer? Leia mais e descubra. Dados apontam que apenas 1,3% das empresas no Brasil crescem pelo menos 20% ao ano, por três anos seguidos.   Essas empresas, chamadas scale-ups, apresentam um impacto gigante na economia brasileira, sendo responsáveis por 46,7% dos novos empregos gerados por ano. Agora, qual o segredo? A Endeavor fez uma análise profunda dessas empresas e destacou pontos em comuns que poderão servir de norte para que a sua empresa se torne uma scale-up. Diferente do que se imagina, as scale-ups não são grandes ou startups, não estão nas capitais tampouco em cidades grandes, não são criadas e dirigidas por jovens, não têm patentes ou são completamente digitalizadas, em sua imensa maioria são empresas pequeno e médio porte, em torno de 92% – apenas 8% delas têm mais de 250 pessoas empregadas e a idade média dessas empresas é de 14 anos, 90% têm mais de 5 anos de história, e quase 60% dessas empresas estão em cidades com menos de 500 mil habitantes. Os jovens de até 28 anos representam apenas 5,5% de empreendedoras e empreendedores à frente de scale-ups no Brasil, sendo a idade média de uma empreendedora e empreendedor de alto crescimento, de 47 anos. A grande maioria das scale-ups brasileiras também não depende de patentes para crescer: só 139 delas têm essa proteção, menos de 0,27% do total. Dos mais de 16 milhões de CNPJs do país, só 2.264 têm patentes (0,01% do total!), sendo que, em média, essas empresas têm 1.326 pessoas empregadas, quase 100 vezes mais que a média geral e a maioria não apresenta crescimento acelerado. Distribuídas em todos os setores da economia, as scale-ups, consideradas membros da indústria digital, representam apenas 1% de todas as scale-ups do Brasil. O varejo concentra a maior quantidade (20% do total), seguido da indústria da construção civil (13%). Apesar disso, quando olhamos para a densidade de scale-ups por setor, a indústria digital sobe para 3º lugar (com 18% de scale-ups dentro do setor), logo atrás de serviços administrativos (19%) e construção civil (22%), setor com a maior proporção. Outro diferencial é que as scale-ups apresentam maior número de sócios em seu comando, provando a máxima, dividir para conquistar, o número de sócias e sócios de uma empresa no Brasil é, em média, 1,18, e, quando olhamos para scale-ups, esse número sobe para 2,32 sócios por empresa, praticamente o dobro. Essa análise desmistifica inúmeras crenças sobre o sucesso do perfil tanto do empreendedor quanto a natureza das empresas no mercado brasileiro como todo, provocando uma reflexão mais acertiva tanto do mercado financeiro quanto dos futuros empreendedores.

Abra sua conta digital agora mesmo!

Abra a câmera do seu celular, aponte para o QRCode abaixo e faça o download do aplicativo Norwaybank para abrir sua conta.

Preencha o formulário para receber o contato de um especialista

Ao clicar em “Receber uma apresentação” você concorda em receber comunicações por Email e Whatsapp.

Preencha o formulário para receber o contato de um especialista

Ao clicar em “Receber uma apresentação” você concorda em receber comunicações por Email e Whatsapp.

New Series

Great Mysteries

 Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Vestibulum sodales nisl ac metus congue vehicula. Integer eros tellus, pretium sagittis metus nec, efficitur mattis ligula.

Preencha o formulário para receber o contato de um especialista

Ao clicar em “Abrir uma conta” você concorda em receber comunicações por Email e Whatsapp.

Abrir bate-papo
1
Escanear o código
Olá
Podemos ajudá-lo?